quarta-feira, 15 de junho de 2011

Novos BLOGS (Tumblrs:)

Visitem e sigam esses Tumblrs pelamordeDeos! hahaha





Stumble Upon Toolbar

Russa de 12 anos tem como melhor amigo rinoceronte de duas toneladas - via:UOL


hahaha, onde vamos parar com tanta meiguice?? haha


Com apenas uma pisada, um rinoceronte de duas tonaledas poderia, facilmente, esmagar um ser humano. Mas sem levar isso em consideração, a russa Elizaveta Tishchenko, de 12 anos, tornou-se a melhor amiga do rinoceronte branco Max e ama "mais que tudo na vida" abraçar sua pele áspera!

Eles desenvolveram um relacionamento extraordinário desde que Max, que é orfão, foi encontrado vagando sozinho pelo Quênia. Depois de ser levado a um centro de reabilitação, cerca de três anos atrás, Max conquistou a russinha que visitava o país.

apesar de ser conhecido por sua natureza agressiva, o animal, de cinco anos, gosta que Elizaveta coce suas costas, aí ele "rola" na grama, como um cão, para que ela coce também a barriga.

"Fomos informados por guardas que um rinoceronte havia sido abandonado e que eles o levariam a um centro de reabilitação. Dirigi por cerca de 20 minutos pela mata e nos deparamos com Max, que vinha em nossa direção. Isso não é muito comum, pois eles têm medo de jipes, mas Max ficou conosco por um longo tempo", contou o pai da garota, Alexey, de 40 anos ao site "Daily Mail Reporter

"Percebemos que ele era o mesmo animal do qual falaram os guardas. Pedimos ao nosso guia para sair do carro e minha filha começou a acariciá-lo como um bichinho de estimação. Ele até deixou que ela puxasse sua cauda sem reagir. Foi a partir daí que começou a amizade deles", completou.

O Editor do UOL Tabloide aplaude todo tipo relacionamento fraterno, afinal, tamanho não é documento!

Stumble Upon Toolbar

Bebê de dois meses que fala surpreende camponeses na Nicarágua - via: UOL

Um bebê de dois meses deixou seus pais espantados quando, depois de tomar leite, pronunciou as primeiras palavras em uma comunidade camponesa da Nicarágua, revelou a imprensa nesta quarta-feira.

"A primeira palavra que falou foi para mim; disse mamãe", relatou Isabel Mendoza ao El Nuevo Diario.

"As palavras que disse foram mamãe, papai, 'pipe' (menino)", afirmou a mulher.

O pai, Antony Huete, contou que seu filho, que possui o mesmo nome dele, pediu-lhe uma vez "água, água".

A avó materna do menino, Rosa Álvarez, contou que no início não dava crédito a esta história, até que ouviu o bebê dizer "água".

"Pediu água ao pai", relatou.

O caso insólito ocorreu na comunidade de El Palmar, no município costeiro de Tola, departamento de Rivas, perto da fronteira com a Costa Rica.

O jornal afirmou que alguns moradores temem que isto seja um sinal de que o fim do mundo se aproxima.

"Estou um pouco confusa, porque o pastor diz que é normal, mas eu digo que é um sinal do fim dos tempos", afirmou Enriqueta Mendoza, uma das vizinhas do casal.

"É algo inacreditável, assombroso, nunca visto", expressou, por sua vez, José del Carmen Pérez, que afirmou que o bebê se comporta de modo estranho e "olha feio para as pessoas".

"A Bíblia fala que nos últimos tempos veríamos coisas que jamais acreditaríamos", disse o pastor evangélico da aldeia, Saúl Gutiérrez.

MeoDeos!! 2 meses e já falando?? fico imaginando quando comerá seu primeiro hamburguer, hahaha

Stumble Upon Toolbar

Saiba onde tomar chocolate quente com Nutella e conhaque - via: Guia foLha

Chocolat du Jour
Nesta loja, que tem um minicafé, pode-se comprar o chocolate em pó para preparar em casa. Quem preferir bebê-lo ali mesmo, pedindo pelo "choco chaud" (R$ 11,60), recebe uma colher cheia de chocolate que vai se derretendo à medida em que mexe a bebida.

Ekoa Café
Uma das versões de chocolate quente desta casa merece atenção especial: o "massala", que, na preparação, leva uma pitada de um mix de especiarias como gengibre, cravo-da-índia, canela, cúrcuma e outras, além dos pedaços de chocolate. Há também versões com Nutella e, ainda, com toques de cachaça.

Il Barista
São três versões de chocolate quente: a tradicional, com chocolate amargo coberto com uma espuma cremosa (R$ 5,50); a que leva o nome da casa, servida com raspas de chocolate e chantili (R$ 7,60); e a "ciocollato", com conhaque.

Pâtisserie Mara Melo
Além do tradicional (R$ 5,50), que tem uma textura mais cremosa, com cacau ou Valrhona, há também versões especiais (R$ 9), servidas com gotas de chocolate meio amargo ou amargo. Sem serem diluídas ao leite, as gotas inteiras vêm mergulhadas e vão se derretendo aos poucos.

Suplicy Cafés Especiais
Em uma das versões, é preciso misturar a doce calda de chocolate no fundo da xícara de leite. A espuma é cremosa e bem vaporizada (foto). Na outra, mais cremosa, o chocolate em pó é batido com leite e depois vaporizado.


Stumble Upon Toolbar

domingo, 29 de maio de 2011

Obesidade: culpa pode ser de bactérias - via: Estadão

Ganhar peso não depende apenas do equilíbrio entre a quantidade de calorias ingeridas e a energia gasta com atividades físicas ou da herança genética. Essa equação pode contemplar pelo menos mais três variáveis, como o tipo de bactéria que a pessoa tem em sua flora intestinal, o grau de exposição a substâncias tóxicas e a quantidade de cálcio que ela ingere, de acordo com pesquisadores brasileiros que ontem se reuniram para debater o assunto.

O tema foi discutido no simpósio Causas não clássicas da Obesidade, durante o 15º Congresso Brasileiro de Obesidade e Síndrome Metabólica, em São Paulo. Um dos palestrantes, o endocrinologista Mário José Abdalla Saad, professor de Clínica Médica da Faculdade de Ciências Médicas da Unicamp, diz que começou a pesquisar sobre o papel da flora bacteriana intestinal na obesidade há quatro anos e sua primeira pesquisa sobre o assunto foi publicada em 2006 pela revista científica Nature.

"O número de bactérias que habita nosso intestino é 10 vezes maior do que o número de células do nosso próprio organismo. Por isso, achar que elas não têm nenhum papel relevante em doenças é um pouco de inocência", analisa. Segundo ele, bactérias presentes no intestino do obeso são diferentes das observadas no intestino de um indivíduo magro, tanto em ratos quanto em seres humanos.

Agora, os cientistas investigam como essas bactérias interferem na gordura corporal. Uma das possibilidades é a de que alguns tipos de bactérias, mais frequentes no trato intestinal dos gordinhos, extraiam a energia dos alimentos e a repassem para o organismo do indivíduo, induzindo ao ganho de peso. Enquanto isso, outras bactérias, mais comuns no intestino dos magros, extraem e consomem essa energia, o que favorece a manutenção de um corpo esbelto.

O objetivo das pesquisas é criar um tratamento para a obesidade com base no mecanismo de atuação das bactérias intestinais. "Só é preciso tomar cuidado para não aparecerem ‘milagreiros’ oferecendo tratamentos com antibióticos ou probióticos que prometam o fim da obesidade", alerta Saad. Ele explica que a "eficiência" das bactérias varia de pessoa para pessoa e que, hoje, os estudos ainda estão sequenciando o DNA desses micro-organismos para entender melhor o processo.

Segundo o endocrinologista Alfredo Halpern, professor da Faculdade de Medicina da USP e membro da Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e da Síndrome Metabólica (Abeso), é plausível que o excesso de peso esteja relacionado a fatores que não são usualmente investigados como causas para o problema. Para ele, o crescimento da obesidade está atualmente desproporcional à modificação dos hábitos da população. "Não vale mais essa história de que o obeso é um sem-vergonha que come muito e que não se exercita. Há uma série de outros fatores que contribuem para isso", diz.

Segundo Halpern, o trabalho de Saad traz um campo novo de estudos e uma esperança de tratamentos para o futuro. "Além de sabermos que obesos têm bactérias diferentes das de pessoas magras, algumas experiências mostram que se pegarmos as bactérias de um animal obeso e passarmos para o animal magro, ele tende a engordar", explica.

Embalagens e pesticidas têm ligação com a gordura

Entre as causas não clássicas de obesidade discutidas ontem no 15º Congresso Brasileiro de Obesidade e Síndrome Metabólica estão os disruptores endócrinos. São substâncias tóxicas que interferem na ação dos hormônios corporais e podem estar em plásticos, agrotóxicos, produtos de limpeza e embalagens de alimentos. A mais popular delas é o bisfenol A, que foi alvo da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) no mês passado - quando os fabricantes, em todo território nacional, passaram a ser obrigados a informar a presença do composto em seus produtos.

Testes em laboratório comprovaram que substâncias como o bisfenol A, presente em latas de refrigerante e até em mamadeiras, aumentaram o risco de obesidade em ratos, relata o médico Nelson Rassi, chefe da Divisão de Endocrinologia do Hospital Geral de Goiânia e professor visitante do Jackson Memorial Hospital, da Universidade de Miami. Segundo ele, um levantamento nos EUA mostrou que 95% das crianças e adolescentes daquele país apresentam bisfenol A na urina. Outro composto que teria relação com a obesidade, segundo Rassi, é o ftalato, usado em plásticos, perfumes e loções. De acordo com ele, a substância teria a capacidade de aumentar o volume das células corporais. A tributirina, fungicida usado no tratamento de madeiras, exerceria efeito similar, diz Rassi.

Professor da Universidade de Pernambuco, o médico Luiz Henrique Griz apresentou, com base em um compilado de estudos internacionais, a possível relação entre cálcio, vitamina D e ganho de peso: quanto menor o consumo desses nutrientes, maior o risco. "Vitamina D e cálcio não são uma solução mágica para perder peso, mas têm papel importante nesse processo."

Maus hábitos ainda pesam mais na balança

A obesidade tem sido alvo cada vez mais frequente de investigações científicas. E não é por acaso: os homens acima do peso, por exemplo, já são maioria no País e também na cidade de São Paulo, segundo o Ministério da Saúde. Além disso, 15% da população da cidade está obesa.

Mas no caso da capital, os maus hábitos têm grande parcela de culpa. O paulistano está acima da média nacional no consumo de refrigerantes e carne gordurosa. E se exercita menos do que a maioria dos outros brasileiros: na cidade, só 13,7% da pessoas seguem as indicações da Organização Mundial de Saúde para a prática de exercícios, segundo a pesquisa Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para doenças crônicas por inquérito telefônico (Vigitel).

Stumble Upon Toolbar

Courtney Love diz que começou a usar heroína na casa de Charlie Sheen

Courtney Love revelou durante uma entrevista à revista "Fix", cujo tema é a reabilitação, que usou heroína pela primeira vez na casa do ator Charlie Sheen.

"Uma noite, meu namorado na época, que estava trabalhando para Ben Stiller, me levou a esta festa de estrelas na casa do ator Charlie Sheen, em Malibu", contou a cantora.

"Madonna, Tom Cruise e minha amiga Jennifer Finch, que era da banda L7 (estavam lá). "Em algum momento, Jennifer me convenceu a usar: 'Vamos lá, todo mundo está fazendo isso'. Foi assim que meu drama com a heroína começou", lembrou.

Depois de conseguir se libertar do vício na droga, a vocalista do Hole admitiu que teve uma recaída. "Prometi que nunca voltaria a injetar heroína, e não voltei, exceto por um incidente em julho de 2005, quando usei com o propósito de me matar", afirmou Courtney.

Stumble Upon Toolbar

quinta-feira, 5 de maio de 2011

STF reconhece união homoafetiva por unanimidade - via: estadão

Os casais homossexuais têm os mesmos direitos e deveres que a legislação brasileira já estabelece para os casais heterossexuais. A partir da decisão de hoje do Supremo Tribunal Federal (STF), o casamento civil entre pessoas do mesmo sexo será permitido e as uniões homoafetivas passam a ser tratadas como um novo tipo de família.

O julgamento do Supremo, que aprovou por unanimidade o reconhecimento legal da união homoafetiva, torna praticamente automáticos os direitos que hoje são obtidos com dificuldades na Justiça e põe fim à discriminação legal dos homossexuais. "O reconhecimento, portanto, pelo tribunal, hoje, desses direitos, responde a um grupo de pessoas que durante longo tempo foram humilhadas, cujos direitos foram ignorados, cuja dignidade foi ofendida, cuja identidade foi denegada e cuja liberdade foi oprimida", afirmou a ministra Ellen Gracie.

Pela decisão do Supremo, os homossexuais passam a ter reconhecido o direito de receber pensão alimentícia, ter acesso à herança de seu companheiro em caso de morte, podem ser incluídos como dependentes nos planos de saúde, poderão adotar filhos e registrá-los em seus nomes, dentre outros direitos.

as uniões homoafetivas serão colocadas com a decisão do tribunal ao lado dos três tipos de família já reconhecidos pela Constituição: a família convencional formada com o casamento, a família decorrente da união estável e a família formada, por exemplo, pela mãe solteira e seus filhos. E como entidade familiar, as uniões de pessoas do mesmo sexo passam a merecer a mesma proteção do Estado.

facilidade. a decisão do STF deve simplificar a extensão desses direitos. Por ser uma decisão em duas ações diretas de inconstitucionalidade - uma de autoria do governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, e outra pela vice-procuradora-geral da República, Deborah Duprat -, o entendimento do STF deve ser seguido por todos os tribunais do país.

Os casais homossexuais estarão submetidos às mesmas obrigações e cautelas impostas para os casais heterossexuais. Por exemplo: para ter direito à pensão por morte, terá de comprovar que mantinha com o companheiro que morreu uma união em regime estável.

Pela legislação atual e por decisões de alguns tribunais, as uniões de pessoas de mesmo sexo eram tratadas como uma sociedade de fato, como se fosse um negócio. Assim, em caso de separação, não havia direito a pensão, por exemplo. E a partilha de bens era feita medindo-se o esforço de cada um para a formação do patrimônio adquirido.

Stumble Upon Toolbar

Error 404: designers transformam mensagens de erro em arte - via;Terra

Stumble Upon Toolbar

CONVERSE (all Star) lança linha de relógios - via:estadão

Stumble Upon Toolbar

segunda-feira, 2 de maio de 2011

segunda-feira, 25 de abril de 2011

Cães escolhem as pessoas mais gentis para pedir comida - via:Superinteressante

Bem antes de se aproximar de alguém, por debaixo da mesa, para pedir comida, os cachorros analisam minuciosamente o comportamento de todos os seres humanos presentes no local e optam pelos que têm “melhor caráter”.

a conclusão é de estudo da Universidade de Milão, que – após analisar 100 cães que vivem em lares da cidade italiana – descobriu que, antes de pedir comida, os cachorros observam os seres humanos e os classificam como “malvados” ou “generosos”. Assim, na hora que identificarem a melhor oportunidade para pedir um lanchinho, os animais vão direto nas pessoas que julgam menos avarentas, aumentando suas chances de faturar a comida.

ainda segundo a pesquisa, na hora de observar os seres humanos, os cães valorizam mais o tom de voz dos analisados do que os gestos feitos à mesa. Será mesmo que esse julgamento é justo?

a descoberta surpreendeu os cientistas, que afirmam que sabiam que os cachorros eram animais habilidosos, mas jamais imaginaram que eles tiravam conclusões a respeito da personalidade das pessoas, apenas, pela observação.

Stumble Upon Toolbar

quinta-feira, 21 de abril de 2011

Estudos relacionam obesidade a flora intestinal "ruim" - via:foLhaOnLine

Os cientistas estão, nos últimos anos, começando a entender como vivem os trilhões de seres que há no intestino de cada ser humano. Ainda que seja você quem come chocolate todos os dias, uma flora intestinal que não ajuda pode ser a culpada pelos seus pneuzinhos, dizem os pesquisadores.

Em 2006, um estudo na "Nature" mostrou que gordos tinham um tipo diferente de flora intestinal. Não se sabia bem se a obesidade era causa ou consequência.

Três anos depois, um pesquisador americano, Jeffrey Gordon, da Universidade Washington, propôs na "Science Translational Medicine" que engordar era consequência. Ele dizia que as pessoas deveriam saber que tipo de bactérias há em seu intestino para saber se eram vulneráveis à obesidade.

Agora, um outro trabalho na "Nature" mostra que existem três diferentes tipos de flora intestinal. Do mesmo jeito que cada ser humano tem um tipo sanguíneo, todos tem um "tipo intestinal".

Cada um representa um tipo de bactéria diferente que predomina no intestino. Assim, ao menos por enquanto, esses tipos não tem nomes fáceis como "O positivo" ou "A negativo", mas "predominância de Bacteroides" ou "predominância de Prevotella".

Ficou claro para os pesquisadores que o tipo intestinal nada tem a ver com com a etnia do indivíduo, com o seu país de origem ou com a sua maneira de se alimentar.

Como cada bactéria tem uma eficiência diferente na hora de extrair energia dos alimentos, é possível que aquele amigo que come feito quem nunca viu comida e continua magro tenha tido a sorte de nascer com o tipo de flora intestinal certa.

Os cientistas, de várias instituições europeias (com colaboração da Universidade Federal de Minas Gerais), não conseguiram, porém, apontar qual das três floras intestinais é de gordinho e qual é de "magro de ruim". Estudaram bactérias de europeus, americanos e japoneses.

Era um grupo de poucas dezenas de pessoas. Os cientistas estão planejando repetir o trabalho agora com 400.

Mesmo que eles consigam novos resultados, certamente o tipo intestinal não será a única explicação para a obesidade. Outros fatores, como a alimentação e questões genéticas não relacionados ao intestino, certamente têm um peso grande.

De qualquer forma, não é possível subestimar o papel das bactérias no organismo humano.

Elas são muitas: enquanto o corpo humano tem cerca de 10 trilhões de células, cada pessoa carrega consigo mais de 300 trilhões de bactérias de todos os tipos.

Ou seja: há bem mais células de bactérias em você do que células de você mesmo.

Stumble Upon Toolbar

quarta-feira, 13 de abril de 2011

Moda útil - Sandália com gavetas, haha

Recebi por email.

Stumble Upon Toolbar

Tumblr - Garotas com os os olhos de Steve Busceme - via:Jailbreak


a idéia é um pesadelo, hahaha; nesse Tumblr Girls with Steve Busceme eyes, todas as mulheres tem os olhos esquisitos do ator. Mas graças a Deus, tudo não passa de Photoshop, hehe
Esse é o caso das gêmeas Olsen, que ficaram meio irreconhecíveis com esses "zóiões".

Stumble Upon Toolbar

terça-feira, 5 de abril de 2011

"Uma Família da Pesada" ganhará versão em quadrinhos - via:IG

O desenho animado “Uma Família da Pesada” ganhará uma versão feita especialmente em versão quadrinhos, com aventuras inéditas da família Griffin e de seus vizinhos excêntricos.

a série, que é uma parceria da Titan Comics com a Fox, será lançada inicialmente somente nos Estados Unidos, masos exemplares poderão ser adquiridos em outros países pela internet.

O responsável pela criação das histórias será o próprio Seth MacFarlane, criador do seriado. Na arte estarão os ilustradores SL Gallant, de “G I Joe” e “Torchwood”, e Anthony Williams, que já fez ilustrações de “Batman” e “Superman”.

a publicação chegará às lojas no dia 27 de julho deste ano.

Stumble Upon Toolbar